Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O sentido da fobia da direita

por Manuel_AR, em 16.03.11

Imagem obtida a partir de http://www.pics-and-docs.blogspot.com/

Se estivermos atentos e reflectirmos sobre o que ouvimos dizer a alguns políticos  poderemos constatar que os de esquerda, nomeadamente o PCP e o BE, atacam o partido do governo, o PS neste caso, dizendo que faz políticas de direita, conotando-o e ligando-o à direita com a qual, segundo eles, está em conluio. Pretendem assim criticar um governo que faz políticas de direita. É portanto suposto que são contra um governo que dizendo-se socialista faz políticas de direita. Até aqui tudo bem.   Mas, quando o PSD ou o CDS/PP sobem nas intenções de voto, avançam com alguma proposta, mesmo que seja de interesse nacional, ou se por outros motivos  estão em confronto com o PS, de que lado fica a dita esquerda?  Em circunstância de eleições quem atacariam em primeiro lugar? A direita, claro, que é o principal “inimigo” que quer ocupar o poder.
Como é remota a possibilidade de qualquer dos partidos PCP e BE, só, ou em conjunto, virem a atingir uma maioria no Parlamento, então, ao terem como objectivo evitar que a direita alcance o poder estão a assumir que é preferível manter o PS, cujas práticas governativas dizem ser de direita. O mesmo seria dizer que preferem no governo uma direita a outra direita já que os de esquerda são eles. Então em que ficamos? Talvez esperar que o PS se voltar a ganhar as eleições e mudar o governo, traga com ele novas políticas de esquerda. Trará de facto?!
Não nos iludamos, se a direita ganha com ou sem maioria as eleições para a Assembleia da República veremos a esquerda, tacitamente, a alinhar com o PS que para eles passou a ser esquerda que era até então de direita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:04


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Links

  •  
  • Política e Sociedade


    Arquivos

    2019

    2011