Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O autismo de Kadafi

por Manuel_AR, em 17.04.11
O autismo é "uma alteração comportamental que afecta a capacidade da pessoa comunicar, de estabelecer relacionamentos e de responder apropriadamente ao ambiente que a rodeia". Este conceito pode, muitas das vezes, com o respetivo ajustamento, ser utilizado em política quando os governantes não apreendem a realidade que os rodeia, vivendo num país que existe apenas na sua cabeça, aliados do país real. 
Apesar de muitas das vezes se aplicar aos nossos políticos, vem isto a propósito do que se passa na Líbia.  

"Apesar da Líbia se encontrar ainda em melhor situação do que muitos dos seus vizinhos  do continente africano, o declínio súbito do nível de vida tem alimentado o descontentamento crescente para com o regime de Khadafi (…), um homem de negócios que tem encontros regulares com alguns funcionários  Líbios referiu que «toda a gente com quem falo agora reconhece   o regime não funciona e estão todos fartos». Os  diplomatas referem que a agitação se tornou evidente - nas ruas, nas universidades e, o que é mais significativo, nas fileiras do exército (…) Nestes últimos s eis  meses, houve pelo menos seis motins provocados  pela falta de alimentos , várias manifestações de estudantes…".

Esta notícia poderia ter saído hoje em qualquer órgão de comunicação social. Contudo, foi retirada de uma reportagem de Michael Ross sob o título "A Líbia de Khadafi" publicada na  Revista do Semanário "O Jornal" suplemento ao nº 582 de 18 de Abril de 1986 há muito fora de circulação.
O que se passa atualmente na Líbia está há muito latente, não é de agora, apenas foi retomado por contágio de forma mais violenta,  pois esteve contida por uma ditadura opressiva e repressiva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:33




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Links

  •  
  • Política e Sociedade


    Arquivos

    2019

    2011